Dr. André Luiz Luquini Pereira

Dr. André Luiz Luquini Pereira
Reumatologista e Clinico Geral - CRM-SP: 129.471
Assistente Técnico em perícias médicas
Estudante de doutorado na University of British Columbia - Vancouver, Canada
Assistente de Pesquisa no Arthritis Research Canada

Contato:
*E-mail: andreluquini@yahoo.com.br
*Instagram: @dr.andreluquini
*Facebook: Clínica Luquini
*Website: www.clinicaluquini.wix.com/clinicaluquini
*LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/andreluquini/

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Osteoartrite, artrite, osteoartrose ou artrose?


 

     "- Que doença a senhora tem?
      - Artrite-artrose. Dizem que é reumatismo, doutor."


     Quantas vezes o diálogo acima ocorre na prática clínica diária... Quanta confusão de palavras! 
     Vamos primeiramente tentar esclarecer alguns conceitos:

Reumatismo: termo inespecífico que refere-se a qualquer doença estudada pela reumatologia. Essa palavra é um verdadeiro "balaio-de-gato", inespecífica, mais confunde do que explica. "Reumatismo no sangue" e "reumatismo nas juntas" são outras expressões muito difundidas, que também cairão em desuso o mais breve possível, para a alegria dos reumatologistas, se Deus quiser!

Artrite: inflamação na articulação. Esta inflamação expressa-se como calor local, dor, edema (inchaço) e às vezes rubor (vermelhidão). 

Artrite Reumatóide (também chamada de "AR"): nome de uma doença específica, que se manifesta como artrite, tipicamente em certas articulações do corpo, por inflamação da camada de células que recobre internamente a cavidade articular - a sinóvia - levando a sinovite, e em casos mais avançados, deformidades, erosões ósseas e impossibilidade de mover a articulação (anquilose), além de poder apresentar manifestações extra-articulares, menos freqüentes, lesando órgãos como os olhos, pulmões, pele e vasos sangüíneos. 

Artrose: termo geralmente empregado como "desgaste na articulação". O sufixo "-ose", na verdade, refere-se a "doença", sem especificar o mecanismo que levou à doença (inflamação,  trauma, desgaste...).

Osteoartrite (também chamada de"OA", "artrose", ou "osteoartrose", principalmente para diferenciá-la da Artrite Reumatóide. Atenção: a confusão entre essas duas pode implicar em erros de comunicação e erros na escolha do tratamento! Não é raro encontrarmos pessoas com OA em uso de metotrexate, infelizmente...) : doença específica, que se manifesta com lesão da cartilagem articular e do osso em contato com essa cartilagem, levando a formação de esclerose óssea e de osteófitos ("bicos" ósseos, que na coluna vertebral, por exemplo, são conhecidos como "bicos-de-papagaio"). Há recentes indícios de que o processo inicial e perpetuador da lesão seja inflamatório, apesar de haver importante papel  mecânico associado (daí a importância de perder peso). A OA de mãos é mais freqüente em pessoas obesas. Como explicar isso? O tecido gorduroso produz diversas substâncias (citocinas, especificamente adipocitocinas) responsáveis por sinalizar ao corpo que este deve se manter em um estado pró-inflamatório. Além de afetar as articulações, essa sinalização afeta também, entre outros sistemas, o cardiovascular, razão porque a Osteoartrite vem sendo incluída recentemente no rol das patologias que marcam a Síndrome Metabólica -  além da hipertensão arterial, diabetes, obesidade e dislipidemia (alterações do colesterol).