Dr. André Luiz Luquini Pereira

Dr. André Luiz Luquini Pereira
Reumatologista e Clinico Geral - CRM-SP: 129.471
Assistente Técnico em perícias médicas
Estudante de doutorado na University of British Columbia - Vancouver, Canada
Assistente de Pesquisa no Arthritis Research Canada

Contato:
*E-mail: andreluquini@yahoo.com.br
*Instagram: @dr.andreluquini
*Facebook: Clínica Luquini
*Website: www.clinicaluquini.wix.com/clinicaluquini
*LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/andreluquini/

quarta-feira, 23 de maio de 2012

O que é autoimunidade?


     Sempre que um paciente me pergunta "Doutor, por que essa doença faz isso no meu corpo?", fico a pensar em uma forma simples de lhes explicar como, de uma hora para outra, apareceram tantos focos de inflamação em seu corpo, a se manifestarem classicamente por dor, rubor, calor e turgor.

  •      dor (causada pelo estímulo das substâncias inflamatórias - genericamente, citocinas - às terminações nervosas que transmitem ao cérebro a percepção da dor - fibras nervosas nociceptivas); 
  •      rubor (ou eritema, que se refere à cor avermelhada dos locais inflamados, sobretudo pela dilatação dos vasos sangüíneos); 
  •      calor (pelo maior aporte de sangue aos tecidos inflamados); e 
  •      turgor (ou edema, ou ainda inchaço, como resultado tanto do transbordamento de líquido do sangue, filtrado através da parede dos vasos sangüíneos, como pelo aumento na produção de líquidos pelas células locais, sob estímulo das citocinas).
     

     O que leva a essa inflamação? Costumo dizer que ocorre uma "miopia do sistema de defesa do organismo". Os glóbulos brancos do sangue e outras células de defesa nos tecidos acabam por "enxergar" algumas partes do corpo (por exemplo as articulações, pulmões, rins, pele, vasos sangüíneos e até as células do próprio sangue) como se fossem um invasor, como uma bactéria ou um vírus, e põem-se a atacá-las, achando que estão nos defendendo. Autoimunidade então se refere à reação imune contra si mesmo. Esse ataque leva a uma inflamação dos tecidos atacados, manifestando-se como uma artrite (inflamação nas juntas), pneumonite (inflamação nos pulmões), nefrite (inflamação nos rins), celulite/paniculite (pele), vasculite (vasos sangüíneos), ou mesmo anemia (destruição de glóbulos vermelhos com rompimento de sua membrana - hemólise), leucopenia (destruição de glóbulos brancos), ou plaquetopenia (destruição de plaquetas, responsáveis pela coagulação do sangue). 
     O tratamento das doenças autoimunes, em sua essência, consiste em bloquear em maior ou menor grau a ação do sistema de defesa, para que pare de atacar nosso próprio corpo. O incoveniente, porém, é que esse mesmo tratamento impede que esse sistema nos proteja contra os reais invasores - virus, bactérias, parasitas... Daí a importância de estar com a vacinação em dia e alertar seu reumatologista ao menor sinal de infecção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário